O novo consumidor e as tendências do mercado para o mundo pós-pandemia

o novo consumidor

Hospitais lotados, funcionários trabalhando em casa, cancelamento de grandes eventos, academias, shoppings, escolas e lojas de portas fechadas. A pandemia do novo coronavírus causou mudanças no mundo inteiro. Desde a economia até o lazer, nada mais será o mesmo.

Isso se deve, principalmente, às orientações e medidas da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter o avanço da doença. Algumas delas são: a suspensão de aulas, fechamento de comércios, evitar aglomeração e, principalmente, o distanciamento social. 

Diante desse novo cenário, as empresas deparam-se com as dificuldades e prejuízos sobre a sobrevivência dos negócios. E se torna cada vez mais urgente entender as novas tendências e os novos hábitos do consumidor pós-coronavírus. 

Por isso, no artigo de hoje você vai conhecer e entender melhor o novo consumidor e as tendências do mercado para o mundo pós-pandemia

A nova experiência do consumidor dentro de casa

O que já era tendência, agora se tornou algo obrigatório para muitas empresas. Uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) mostrou que a população brasileira aumentou suas compras online, adotou os meios digitais de pagamentos e vai continuar com esses novos hábitos de compra e consumo no pós-pandemia. 

Os dados ainda mostraram que 61% dos clientes que já tinham o hábito de comprar online, durante o isolamento, aumentaram ainda mais o volume de compras. Esse novo consumidor está cada vez mais preocupado com o risco de se contaminar ao sair de casa e, mesmo que for só para comprar itens essenciais, comprar online ainda é a opção mais segura para o momento. 

Outra pesquisa feita pela Nielsen, Comscore, Global Web Index, Kantar e MindMiners, mostrou que 13% da população realizou sua primeira compra online durante a pandemia. Por isso, para as empresas, agora é um momento de aproveitar grandes oportunidades para vender e divulgar seus produtos e serviços através dos milhares canais existentes dentro da internet.

O que os consumidores esperam das empresas nesse momento

Um estudo realizado pelo Kantar mostrou que 87% dos consumidores acreditam que as marcas precisam comunicar seus esforços e suas estratégias para enfrentar a situação atual. Por isso, as empresas precisam cada vez mais se preocupar com ações de branding que contribuem para mostrar os valores e propósitos da marca.

A forma mais eficaz de compartilhar com os clientes os posicionamentos, os valores, as ações e o lado humano da empresa, é por meio das redes sociais. Não basta apenas estar lá! É preciso desenvolver uma boa gestão nas redes que vão contribuir para um relacionamento mais duradouro e mais confiável entre o seu consumidor e a sua empresa.

Posicionamento de marcas durante a pandemia

Enquanto algumas empresas preferem recuar e não se posicionar no momento, outras se destacam entre os consumidores e são admiradas pelas medidas tomadas diante da pandemia.

Mercado Livre

O primeiro exemplo que gerou uma repercussão muito positiva, foi a mudança do logo do Mercado Livre.

O logo, que antes eram duas mãos se cumprimentando, agora são duas mãos separadas encostando apenas os cotovelos e simbolizando força. A imagem ainda acompanha a frase “Juntos. De mãos dadas, ou não”.

Além disso, a marca também criou publicações e uma página especial com orientações e medidas que devem ser tomadas ao receber uma entrega em casa.

Como por exemplo, manter distância de pelo menos 1 metro do entregador e higienizar as mãos depois de receber e abrir a embalagem.

Magazine Luiza

Outra empresa que conseguiu mostrar o seu lado humano e reafirmar os seus propósitos nesse momento tão delicado em que estamos vivendo, foi a Magazine Luiza.

A empresa mostrou empatia e preocupação com o bem estar de seus funcionários e clientes quando decidiu fechar suas lojas antes mesmo de os decretos estaduais entrarem em vigor. Além disso, também doou R$ 10 milhões para o tratamento de pessoas infectadas com o novo coronavírus.

Pensando no desemprego e nos pequenos e médios negócios que mais estão sofrendo, lançou também o programa Parceiro Magalu, uma plataforma onde outros varejistas podem vender seus produtos.

novo_consumidor_parceiro_magalu

A internet cada vez mais presente na vida do novo consumidor

A internet se tornou uma grande aliada para as pessoas em quarentena. Essa realidade expandiu o mundo digital. Seja para se movimentar, trabalhar, estudar ou para entretenimento, o consumidor passa mais tempo na internet. 

Da mesma forma que o consumo digital continua a aumentar, a competitividade no mercado cresce junto. Por isso, é fundamental que o seu negócio comece a trabalhar em novas estratégias de marketing digital, design e gestão de redes sociais

Dessa forma, você consegue manter a sobrevivência da sua empresa durante e pós-coronavírus. Outras vantagens de investir nessas áreas é que você consegue se destacar da concorrência, chamar a atenção, conquistar mais clientes, se fortalecer no mercado e ainda obter resultados positivos na receita.

Esperamos que você tenha entendido o novo consumidor e as tendências do mercado para o mundo pós-pandemia. Se você precisar de ajuda para trazer mais inovação e novas estratégias de crescimento para o seu negócio durante e pós-pandemia, a Brave Design pode te ajudar!

Qualquer dúvida ou sugestão, basta compartilhar com a gente nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para garantir uma melhor experiência de navegação no nosso site.